Toyota Corolla reestilizado chega ao mercado nacional.

SEDÃ MÉDIO GANHA FACELIFT, MAIS EQUIPAMENTOS E O "ESPORTIVO DE FACHADA" DE VOLTA.

O Toyota Corolla é líder de vendas no sedãs médios no Brasil, mas isso não impediu de ganhar alterações para a linha 2018.
   Por fora nova grade dianteira, faróis com led diurno dentro do faról, novos para-choques e na traseira novas lanternas traseiras, para o XRS para - choques diferentes com aerofólio, spoiler superior e inferior(o superior na tampa do porta-malas) e rodas de liga-leve diferentes, ele mede 4.62 metros de comprimento, 1.77 metros de largura, 1.47 metros de altura e 2.70 de entre- eixos ele é feito na plataforma MC-2 da Toyota.
Por fora além de mudanças na grade dianteira, ganhou novas lanternas.

A versão XRS traz spoilers na dianteira...

traseira, mas fica só nisso.
Por dentro o painel é bonito e bem acabado, o relógio digital foi para central multímidia, de série ele traz Sete Air Bags e a principal novidade é o ESP e o controle de tração que na época todos os rivais tinha, mas carros de segmento inferiores não, hoje até carros de segmento inferiores tem e com isso ficava complicado para a Toyota brasileira, mas agora está resolvido e o seu porta - malas leva 470 litros.
Painel bonito e bem acabado, esse é do Altis.

Já esse é do XRS evocando uma atmosfera mais esportiva.
O Corolla abandona o câmbio manual, agora apenas o CVT que simula sete marchas, ele continua com duas opções de motores na entrada o Dual VVT-i 1.8 16V Flex da família ZR com bloco e cabeçote de alumínio, duplo comando de válvulas no cabeçote acionado por corrente metálica e coletor variável e com isso gera 17.7KGFMa4000RPM e 139CVa6000RPM e com álcool vai a 18.2KGFMa4800RPM e 144CV nas mesmas rotações da potência e esse motor é exclusivo do GLi e para as outra versões vem com o 2.nada 16V da família ZR que gera 19.4KGFMa4000RPM e 143CVa5600RPM com gasolina e com álcool vai a 20.7KGFMa4800RPM e 154CVa5800RPM e esse motor também está no XRS(bem que para o XRS podia vir o 1.8 16V Supercharger de 192CV do Yaris esportivo...), A sua suspensão utiliza molas helicoidais e amortecedores hidráulicos, na dianteira é Independente tipo McPherson e na traseira é semi - independente com eixo de torção e os freios são discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira.
  O seu preços são de R$90.900 para o GLi, R$99.900 para o XEi, R$108.900 para o XRS e R$114.900 para o Altis, considerando que o segmento está nessa faixa de preço tudo bem, o grande problema é o XRS que assume o posto de esportivo de fachada mais caro do país(até pelo seu segmento também, temos que lembrar), mas mesmo assim a Toyota continua a nos dever um esportivo de verdade em solo brasileiro.


Comentários